segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

NATAL


Para alguns Nata significa reunir a família. É uma dádiva quando todos se esforçam para estarem juntos e aproveitar esse momento em que as pessoas estão mais sensíveis, mais amáveis e cheias de amor incondicional para dar.

Alguns querem fazer o Natal mais alegre para as crianças, comprando presentes, fazendo gincanas, amigo secreto e entra na diversão e companheirismo.

Outros por sua vez, gostam de entrar em meditação, fazer uma oração e tornar o Natal um momento mais elevado do Ser.

Ainda tem aqueles que adoram viajar, preferem ficar longe do agito, sinos, luzes e troca de presentes. Querem um momento sossegado, longe do comércio incontrolável.

Qualquer forma de comemorar o Natal é válido, dentro de seus princípios. Não existe uma celebração certa ou errada, o que existe é o interesse interno de fazer o que lhe faz bem. Trocar um sorriso sincero é um ato de verdade interior, passar esse momento com familiares, mesmo que exceda na alimentação também.

Minha proposta é aproveitar, qualquer momento que tenha, só ou acompanhado, com o sentimento aberto para a vida! Com a mente e coração disponíveis para receber e dar, seja atenção, seja conversas carinhosas, seja o simples ato de trocar os presentes.

Aproveite o momento ao máximo, observando tudo e todos, a decoração, luzes, as pessoas, procure ver o lado positivo e o melhor de cada um e não se fixe somente nisso, seja você o promotor(a) da alegria no local.


Desde criança, entendo que o espírito natalino é a comunhão. Comunhão com o que temos de mais elevado, com as pessoas que estão presentes, com o ambiente em que estamos. Mesmo que seja "obrigado" a estar presente "naquele lugar" ou com "aquelas pessoas". Procure apenas observar, sem julgamentos. Quando mais pensar e agir que este lugar é o mais chato, mais se sentirá aborrecido! Então, mude a faixa do CD, busque motivos de alegria. Assim você muda sua frequência e deixa de ser a pessoa mais chata do local, de cara feia e que reclama de tudo. Quem gosta de convidar pessoas chatas para as festas?

Ver a família toda não é algo ruim, muito pelo contrário, todos fazem parte de nossa vida, são experiências, desafios, ligações emocionais e espirituais mais fortes que pensamos. E com isso conseguimos ter mais consciência de nossa existência nesta vida. Observar todos e ver que somos parte física de muitos, mas somos únicos em alma é o melhor para o auto-conhecimento. Você pode se parecer com muitos de seus familiares, um traço aqui e outro ali, mas um ser único, que pensa e sente diferente. Ajuda a fortalecer a própria identidade  e isso é a melhor parte do desenvolvimento pessoal.

Saber aproveitar qualquer situação é um grande exercício de flexibilidade e adaptação, novamente, sem perder a identidade. 

Quer um Natal cheio de harmonia e paz?

Eis aqui umas receitinhas:


ALEGRIA NATALINA
Cipreste
Laranja
Ylang Ylang

Traz o espírito natalino, com alegria, prazer e harmonia.


ALEGRIA E HARMONIA COM PAZ
Laranja, Grapefruit ou Tangerina
Ylang Ylang

Aqui também você encontra a harmonia e o prazer de estar no local, com tranquilidade.

ALEGRIA E MEDITAÇÃO
Olíbano
Tangerina
Cipreste

Harmonia, sentimentos sinceros, espírito natalino e um momento para reflexão e concentração quando entrar em oração na noite de Natal.


Um Natal cheio de LUZ, AMOR, ALEGRIA com muita GRATIDÃO!!!



2 comentários:

  1. Obrigada por compartilhar Satye!

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo, seu blog foi selecionado para ser um Blogueiro responsável. Selecionamos os blogs mais influentes dentro de cada área, e estamos convidado os mesmos para participar da campanha de Marketing Digital da Casa Ronald McDonald RJ. Caso você queira participar, pedimos que envie um email para midiassociais@casaronald.org.br para que possamos explicar melhor como funcionaria!
    Será um prazer ter seu blog como parceiro da Casa Ronald McDonald. Abrace a casa. Esperamos seu contato.
    Abraços

    ResponderExcluir